Iniciou as reformas dos “trapiches” do Porto dos Tatus

A prefeitura municipal de Ilha Grande por meio da Secretaria de Desenvolvimento econômico, Turismo, Meio Ambiente, Pesca e Agricultura – SEDETUMAPA informa que, foi dado início a reforma dos Atracadouros Hidroviários Flutuantes do Porto dos Tatus, conhecidos popularmente como “Piers” e/ou “trapiches”.

A reforma dos flutuantes está sendo feita pelo AHINOR – Administração Hidroviária do Nordeste, setor ligado ao DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, e tem um prazo previsto de 40 dias para sua conclusão.

O Secretário de Turismo Adilson Castro, ressalta que neste ano esteve em São Luís, acompanhado do Chefe de Gabinete Reginaldo Junior, na cede da AHINOR, e apresentou um oficio solicitando a reforma dos atracadouros tendo em vista a importância deste para as comunidades ribeirinhas e para aqueles que vivem de atividades extrativistas no Delta do Parnaíba, além do uso frequente para a atividade turística. O Secretário enfatiza ainda, que foi solicitada a confecção de um novo atracadouro tendo em vista o grande volume de embarcações na região e os diversos conflitos gerados em decorrência disso.

No início do ano foi assinado um Termo de transferência da obrigação da guarda e vigilância com cessão de uso dos Atracadouros Hidroviários Flutuantes, Tatus I e Tatus II, ambos localizados no Porto dos Tatus. E que compete a Prefeitura Municipal de Ilha Grande controlar as atividades operacionais de carregamento, descarga, embarque e desembarque de passageiros, qualquer atividade relacionada ao uso destes atracadouros.

De acordo com o prefeito Herbert Silva está sendo elaborado um projeto de lei para regularizar o uso dos atracadores. A minuta do projeto de lei já foi apresentada a comunidade e aos órgãos parceiros em audiência pública realizada na escola Dom Paulo no bairro Tatus, e será encaminhada à Câmara Municipal para apreciação e aprovação dos vereadores, finalizou o Prefeito.

Deixe uma resposta